Menopausa – Quais as Causas, Sintomas e Tratamentos?

O que é a menopausa e o que a causa?

menopausa principais sintomasA menopausa é a condição do corpo humano feminino, o que indica o fim da menstruação e da fertilidade. Costuma chegar em mulheres entre os 45 e os 55 anos.

É uma parte normal do envelhecimento, em que a mulher pára de ter períodos menstruais. Antes e durante a menopausa, os níveis de hormonas femininas podem subir e descer o que provoca as doenças.

No transcurso do tempo, o corpo perde de maneira progressiva da capacidade de produzir progesterona e estrogênios, que são os hormônios que ajudam a regular o ciclo menstrual.

Ao reduzir a produção de estrogênio, a menstruação e a ovulação, deixam de ser apresentado de forma contínua e, eventualmente, parar. Podem apresentar-se casos especiais, devido a uma doença ou a uma histerectomia, quando isto acontece, estamos a falar da menopausa induzida.

Os sintomas da menopausa e a idade também tem uma grande influência genética. Como regra empírica, a mulher que teve um início da menstruação cedo, tem mais chances que experimente a menopausa antes.

O Diagnóstico da menopausa

Na maioria dos casos, não é necessária nenhuma analítica para obter o seu diagnóstico, uma vez que a presença de amenorreia (cessação da menstruação) durante um ano, juntamente com os sintomas que antes foram descritos, darão a sua certeza diagnóstica.

Sintomas

Sintomas neurovegetativos

  • Ondas de calor: são considerados o sintoma mais precoce e freqüente da menopausa. São crises com sensações de calor, que sobe desde o peito até o pescoço e a face, podendo estar acompanhado de uma transpiração (remédios para os suores) e vermelhidão da pele.
  • Sensação de sufoco: a sua duração e a frequência pode variar, podem apresentar-se durante alguns segundos ou chegar a hora. Costumam ser mais frequente à noite e estar acompanhado de uma sensação de mal-estar indefinido. O uso regular das cápsulas de algas marinhas da bio mac podem aliviar os sintomas. Estes sufocos podem chegar a aparecer alguns anos antes da menopausa e durar até cerca de 6 anos depois, com intensidades progressivamente reduzidas.
  • Outros: Também se podem apresentar sintomas como palpitações, dores de cabeça, insônia, vertigens, etc.

Sintomas locais

  • Ovários: Os ovários reduzem seu tamanho, e a sua superfície adota uma forma áspera.
  • Vulva: apresenta uma atrofia vulvar, em que vemos uma perda da espessura da pele e possível aparecimento de prurido vulvar.
  • Vagina: Pode ser encurtada e diminuir sua secreção, pode aparecer dor nas relações sexuais e aumenta o risco de uma infecção.
  • Útero: Reduz o seu tamanho e se produz um importante emagrecimento do endométrio e ao nível do colo do útero, este diminui a sua secreção.
  • Devido a estas alterações, é mais usual a ocorrência de prolapsos genitais, assim como incontinência urinária, devido às alterações dos ligamentos e dos músculos.

Sintomas sistêmicos

  • Alterações cutâneas: Diminui notoriamente a elasticidade e espessura da pele. Apresenta secura ou comichão (remédios para os coceira).
  • Alterações psicológicas: apresentam alterações no sono com a presença de insônia frequente, que pode ser combatida com calmante natural para insônia que relaxa e acalma. Observa-Se irritabilidade, e apresenta um estado de humor depressivo, ansiedade e dificuldade de concentração.
  • Osteoporose: É esta doença que é caracterizada por uma redução da massa óssea e alterações da estrutura do tecido ósseo, o que faz com que os ossos fiquem mais frágeis e aumenta o risco de fratura. Aqui você pode saber mais sobre esta doença.

Tratamentos

Há que deixar claro que qualquer tratamento para os sintomas da menopausa tem alguns efeitos benéficos, mas também devem ser tomadas em conta os efeitos secundários.

menopausa tratamento

Recomenda-se que, se você vai começar um tratamento, seja por indicações do seu médico. A adoção de medidas farmacológicas devem ser tomadas quando necessárias. Os seguintes tratamentos não devem ser utilizados para a prevenção dos sintomas.

A Terapia hormonal para a menopausa (MHT)

A terapia hormonal para a menopausa (MHT) era antes conhecida como terapia de reposição hormonal (em inglês: Hormone Replacement Therapy, HRT).

Esta é muito boa para aliviar os sintomas moderados e prevenir a perda óssea.

A MHT também tem também alguns riscos a considerar, apesar de seus benefícios.

A MHT pode ser útil para:

  • Reduzir os sintomas de sufocos, sudoração noturna e dos problemas que se relacionam com a falta de sono e a irritabilidade.
  • Tratar os sintomas de secura vaginal, os efeitos da dor durante as relações sexuais.
  • Atrasar a diminuição óssea.
  • Aliviar as alterações no estado de humor e os sintomas de depressão hormonal leve.

Em algumas mulheres, a MHT pode aumentar as chances de ter:

  • Coágulos de sangue.
  • Câncer de mama.
  • Acidente vascular cerebral.
  • Ataque cardíaco.
  • Doença vesicular.

No momento de decidir se usará ou não o tratamento, a paciente e seu médico devem discutir os possíveis riscos e benefícios.

Há que ter em atenção outras opções de tratamento. Por exemplo, existem produtos com estrógeno em doses mais pequenas em cremes, anéis e comprimidos vaginais. Estes são recomendados para as mulheres que têm apenas sintomas vaginais.

A Terapia hormonal de substituição (THS)

Devido a que a principal causa dos sintomas do climatério, é a diminuição do nível de estrógenos, a medida farmacológica do THS é a administração destes.

Podemos encontrar diversos tipos de preparações de estrogênio, assim como sua via de administração, os quais acabam por ser de administração oral, injeções e cremes vaginais.

Este tratamento tem demonstrado a sua eficácia em:

  • Sensação de sufoco.
  • Os sintomas psíquicos.
  • As alterações genitais e cutâneas.
  • A diminuição da perda de massa óssea, mas não diminuem o risco de fraturas.
  • Uma ligeira diminuição no risco de câncer de cólon.

Remédios caseiros para tratar os sintomas da menopausa

Oferecemos os seguintes remédios caseiros e naturais mais recomendados para tratar os sintomas. Destacando-se sempre que aqui não temos poderes para receitar tratamentos médicos ou de diagnóstico. Sempre que se apresentar algum tipo de desconforto ou condição, aconselha-se o recurso ao médico.

1. Trevo vermelho

Segundo um estudo publicado no Journal of The Menopause Society, o trevo vermelho ajuda a proteger o corpo de alguns efeitos da menopausa, tais como a perda óssea, calores, e até mesmo ajuda a proteger contra o câncer de endométrio e de mama.

Em lojas de produtos naturais e farmácias é possível encontrar suplementos de trevo vermelho. Também se pode preparar um chá, adicionando duas colheres de sopa esta flor em um copo de água a ferver durante cerca de 10 minutos para em seguida, coar e tomar.

2. Super Chá da Vida

O super chá da vida pode ajudar a reduzir os sintomas de suor. Prepara-se uma infusão com duas colheres do super chá da vida para diabete junto à água com limão. Beber esta infusão um par de vezes por dia para aliviar os sintomas da transpiração.

3. Aipo, sálvia, rebentos de soja e limão

Tomar plantas e alimentos que ajudam a aumentar os níveis de estrogênio naturalmente ajudá-lo a se sentir melhor.

Por isso podemos colocar para ferver com água durante 10 minutos pedaços de aipo, limão sem casca junto com o farelo de soja, triturados. Colamos deixamos esfriar e recomenda-se tomar dois ou três copos diários, durante um período mínimo de uma semana.

É importante conhecer as propriedades e benefícios que oferece o aipo e o limão para a saúde.

4. Cohosh preto

Esta planta é um fitoestrógeno, em muitas mulheres ajuda para que possam controlar melhor os sintomas da menopausa.

Em lojas naturais ou algumas farmácias é possível encontrar este produto.

Entre outras plantas ou ervas que ajudam a controlar os sintomas temos: Ginseng, Dong Quai e a Cimicifuga Racemosa.

5. Soja

A soja é um dos alimentos que podem ajudar muito a se beneficiar durante a menopausa, graças ao seu conteúdo de isoflavona.

Você pode triturar sementes de soja para fazer uma pasta e fervê-la em um copo de água para depois tomá-la ou no mercado você pode encontrar muitos produtos com conteúdo de soja, como leite.

Recomendações e dicas para o tratamento dos sintomas da menopausa

  • Ter uma dieta balanceada e rica em cálcio. Consumir produtos lácteos, azeite de oliva, óleos vegetais (linhaça, gergelim). Frutas, legumes, verduras e carne magra.
  • Evitar comidas muito ricas em gorduras. Frituras, embutidos, carnes gordurosas, carnes processadas e fast foods.
  • Evitar o consumo de álcool e tabaco. Reduzir o consumo de álcool ajuda a reduzir o risco de perda de cálcio, o consumo de tabaco aumenta o risco de certas doenças e algumas mulheres pode apresentar menopausa precoce.
  • Consumo de suplementos de vitamina C, beta-caroteno e selênio podem ajudar com os sintomas de secura da pele. O consumo de vitamina E pode ajudar os suores e sufocos noturnos
  • O exercício de um mínimo de 2 a 3 vezes por semana. Isso ajuda a manter os músculos e flexibilidade. Exercícios como caminhadas, natação, yoga, ciclismos são muito benéficas.
  • Ingerir bastante água ao dia. Isso ajudará a hidratar a pele, ao mesmo tempo em que melhora o funcionamento renal.
  • Controlar o estresse com ayurveda e lidar com a menopausa com calma.
  • Cuidado com as drogas, não tente curar sozinho uma com hormônios. Certos medicamentos tomados por vários meses, ou se excede em suas doses podem causar perda de cálcio e com isso aumentar o risco de fracturas. Por isso não há que sexual e consultar o médico sobre isso.
  • Sexualidade. Ter uma discussão franca e saudável com seu parceiro para chegar a um bom entendimento e cooperação. Se você sofre de sintomas de secura vaginal, recomenda-se utilizar lubrificantes a hora de ter relações sexuais.

3 Sinais Claros de que você tem um Baixo Nível de Testosterona – Guia Completo

Eu estive ensinando como aumentar os níveis de testosterona naturalmente aos homens durante mais de uma década.

A pergunta que me fazem com mais frequência é:

Como posso saber se eu tenho baixa da Testosterona?

E esta é uma pergunta fácil de responder, porque a maioria dos homens com baixos níveis de testosterona lidam com os mesmos sintomas.

Assim, demos-lhe um rápido olhar para os três principais sinais:

Número 1: Perda de Ereção Matinal

Uma das primeiras coisas que um homem nota é que a qualidade e a frequência de suas ereções matinais começa a declinar.

como aumentar a testosterona

Assim, em vez de acordar com um mastro impressionante, vai começar a fazê-lo com um pólo semi rígido ou nada em absoluto.

E este é um sintoma que nunca deve ser ignorado, porque os níveis de testosterona de um homem sempre estão em seu ponto mais alto entre as 5 e 7 horas da manhã.

E é neste cedo fluxo de testosterona, que ocorre pela manhã, o que produz a ereção matinal.

Uma vez que você deixa de ter erecções, você pode contar com o fato de que você está perdendo sua precoce liberação de testosterona.

E isso cria grandes problemas para um homem, porque quando a libertação não acontece, os níveis de Testosterona vão ser menores do que deveriam ser, durante todo o dia.

E isso terá um grande impacto na sua qualidade de vida.

Isso explica por que você deve sempre verificar com cuidado suas ereções matinais, e quando elas não acontecem, assegurar-se de tomar medidas imediatas para remediar a situação.

Número 2: Falta de Motivação

O primeiro sintoma é geralmente seguido por uma falta de motivação para fazer as coisas no trabalho, em casa e na cama.

E o que mais chama a atenção de um homem é a falta de desejo sexual.

Porque uma vez que você perde o desejo de ter sexo regular, claramente feixe sofrido uma importante diminuição da testosterona.

E essa mudança dará lugar a outras mudanças no comportamento, provando também que o seu mundo hormonal está muito mal.

Sempre digo para os homens, se não estão olhando com desejo de quase toda mulher com tesão que se cruzam, é momento de se preocupar.

Porque os homens, por sua própria natureza, são criaturas visuais, assim que quando você parar de olhar para as mulheres pode estar seguro de que não está produzindo testosterona em níveis ótimos.

Outra coisa que você deve monitorar é o seu comportamento durante o seu tempo de inatividade.

Por exemplo, se você costumava ir ao ginásio tarde e jogar basquete com os meninos nos fins de semana…

Mas agora se dedica a ver televisão ou a navegar na Internet durante horas intermináveis, você saberá com certeza que seu nível de Testosterona está indo na direção errada…

Porque a produtividade, a realização e os resultados são as características distintivas do homem com testosterona alta, quando deixa de ter conquistas, isso significa que seus níveis de Testosterona têm claramente rebaixados.

Número 3: Atrofia Testicular

Agora tomemos todos os problemas sobre os quais temos falado…

E se você deixá-los continuar durante vários meses você vai começar a notar uma tendência negativa, esta é a atrofia testicular.

E saberás que acontece quando, de repente, te tenhas plena certeza de que seus testículos são substancialmente menores do que quando tinha 20 anos.

E esse encolhimento dos testículos geralmente vem junto com outro sintoma: uma queda significativa do volume da ejaculação quando você alcança um orgasmo.

E estes problemas não só ocorrem para alguns de nós, mas que estão atingindo proporções epidémicas.

Por exemplo, a contagem de espermatozoides no Brasil caiu de 113 a 66 milhões por mililitro nos últimos 50 anos, enquanto que os níveis de testosterona em todo o mundo caíram na mesma alarmante proporção.

Combina isso com o drástico aumento dos problemas de fertilidade entre os jovens, em idade reprodutiva e não é de surpreender que muitos de nós estamos sofrendo.

Mas você não tem que fazer parte destas estatísticas, apenas necessita desenvolver um plano de ação para evitar toda a negatividade…

A partir da exposição a substâncias químicas, até seus hábitos de masturbação, passando pelas refeições que estão na sua geladeira e que suprimem os hormônios, essas são algumas coisas que você tem que controlar completamente.

E se você colocar um freio a estes elementos, assim como alguns outros, a sua situação vai mudar em pouquíssimo tempo.

Mais Sintomas de Baixa Testosterona?

Os baixos níveis de testosterona são uma grande preocupação para um número crescente de homens, jovens e adultos de hoje em dia.

Enquanto os anteriores são os sintomas mais evidentes de um baixo nível de testosterona, sem dúvida vale a pena conhecer mais sintomas e as causas dos baixos níveis de testosterona nos homens.

1. Três fatos chocantes sobre a diminuição de testosterona nos últimos 30 anos

2. As três principais erros que os homens cometem quando estão fazendo o esforço para elevar os níveis de testo livre

3. Como um homem inverteu a sua baixa Testo e o seu sistema está feliz inundado de hormônios masculinos

O Que Fazer Agora?

Se você realmente está motivado e pronto para esta experiência, e para ter mais testosterona com remédio testomaster, vamos mostrar como o processo funciona e como você pode começar em apenas 20 minutos.

Mais Causas de Baixa Testosterona?

Os baixos níveis de testosterona são uma grande preocupação para um número crescente de homens, jovens e adultos de hoje em dia.

Enquanto os anteriores são os sintomas mais evidentes de um baixo nível de testo, sem dúvida vale a pena conhecer mais sintomas e as causas dos baixos níveis nos homens.

Fonte: ViagraNatural.info